sábado

Uma Idéia para saudar o Samba!



Parangolé – dia 1º de dezembro de 2007, antecipa o dia do Samba para a criançada vivenciar o quanto é bom sambar!

“Quem não gosta de samba, bom sujeito não é... ou é ruim da cabeça, ou doente do pé!”

"Clementina, cadê você?
Cadê você, cadê você?
Clementina, cadê você?
Cadê você, cadê você?
Clementina, cadê você?
Cadê você, cadê você?
Clementina, cadê você?
Cadê você, cadê você?

- Bom dia!!! Eu estou procurando minha filha Carmen Clementina de Jesus. Lindo nome dela, não? Ela é a coisinha bonitinha aqui de casa, a coisinha bonitinha do pai"

A idéia partiu de Sóter França Jr, nascido no dia nacional do samba e, tão bem abraçada por Andrea Ferrassoli, tournou-se um texto educativo e divertido, onde mãe (Marianna Tavares), filha (Andrea Ferrassoli) e três malandros do samba (Felipe Reis, André Latham e Tadeu Broglio) contaram a trajetória do samba para sair do submundo e se tornar o grande ritmo representante de um povo alegre e apaixonado.

"No dia do casamento com minha mãe, (risos) Bem, o nome da minha mãe era Madalena. No altar ele olha para minha mãe e canta:

Madalena, Madalena
Você é meu bem querer
Eu vou falar pra todo mundo
Vou falar pra todo mundo
Que eu só quero você
Eu vou falar pra todo mundo
Vou falar pra todo mundo
Que eu só quero você

A sorte é que o padre já conhecia o meu pai e nem deu tanta bronca nele..."

O Parangolé torna-se cada vez mais uma equipe preocupada em aproximar as crianças brasileiras de suas raízes culturais, mostrando aos futuros cidadãos, como é bom ser brasileiro, através de leitura e produção de textos, arte, música e contação de histórias.

Esse movimento de valorização do nosso, não se trata de um nacionalismo exacerbado, e sim, de uma vontade de fazer com que olhos infantis percebam que pertencem a uma nação multiétnica, e que eles também podem dar continuidade a isso, conhecendo e apreendendo a cultura, desenvolvendo valores éticos e respeitando as diferenças.

"Sabe por que o Dia Nacional do Samba cai em dois de dezembro? Foi idéia de um vereador baiano, Luis Monteiro da Costa, para homenagear Ary Barroso. Ary já tinha composto seu sucesso "Na Baixa do Sapateiro", que fala assim:

Ai Bahia

Bahia que não me sai do pensamento


Só que o Ary NUNCA tinha ido à Bahia. Esta foi a data que ele visitou Salvador pela primeira vez. Engraçado, não? A festa foi se espalhando pelo Brasil e virou uma comemoração nacional.

Minha filha, Ary Barroso foi um compositor muito importante para o nosso país e é conhecido mundialmente. Ele compunha sambas que divertiam as pessoas, mas mais do que isso, que faziam as pessoas pensarem.

Foi ele quem fez aquela música maravilhosa, que todos cantam dentro e fora do Brasil, dizem até que é uma espécie de hino nacional:

Brasil, meu Brasil brasileiro Meu mulato inzoneiro Vou cantar-te nos meus versos O Brasil, samba que dá Bamboleio que faz gingar O Brasil do meu amor Terra de Nosso Senhor Brasil, prá mim, prá mim, prá mim ··."

E assim foi feito com o samba, que teve como principal motivo, mostrar às crianças como se pode superar dificuldades e até vencer na vida, sendo firme em sua arte, delicado em seu ritmo e provando que alegria não é coisa de marginalização, na verdade, é coisa de gente feliz, que mesmo com muita dificuldade luta dia-a-dia, com muito orgulho de SER BRASILEIRO!

"O Pagode do Trem surgiu nos anos 1920, quando os sambistas corriam da polícia para dentro dos vagões dos trens e tocavam, até virar tradição. Nos anos 1990, moradores do bairro de Oswaldo Cruz, que fica lá no Rio de Janeiro, resolveram recriar esse movimento para dar um “tchan” no bairro, era o "Acorda, Oswaldo Cruz". Até hoje, no Dia do Samba o pessoal se reúne na Central do Brasil, lota um trem de verdade e vai tocando e cantando até Oswaldo Cruz, que é longe pra dedéu, lá formam-se trocentas rodas de samba. Eu gosto de samba... do batuque, da alegria... A melhor música pra mim é:

Eu sou o samba
A voz do morro sou eu mesmo sim senhor
Quero mostrar ao mundo que tenho valor
Eu sou o rei do terreiro
Eu sou o samba
Sou natural daqui do Rio de Janeiro
Sou eu quem levo a alegria
Para milhões de corações brasileiros"

Na contação foi lembrado às crianças, que o nosso ritmo ganhou mares, entrou em novos lugares e fez muito gringo rebolar com os requebros da baiana.

“Tá na hora dessa gente bronzeada mostrar seu valor...”

"O Que é que a baiana tem? O Que é que a baiana tem? Tem torço de seda, tem! Tem brincos de ouro tem! Corrente de ouro tem! Tem pano-da-costa, tem! Sandália enfeitada, tem! Tem graça como ninguém Como ela requebra bem! Quando você se requebrar Caia por cima de mim Caia por cima de mim Caia por cima de mim O Que é que a baiana tem? O Que é que a baiana tem? O Que é que a baiana tem? O Que é que a baiana tem?"

Não nos esquecemos o quanto o samba foi perseguido e abençoado, com o toque do Divino nas inspirações dos nossos poetas sambistas...

"O samba já foi muito mal visto... sempre foi uma forma de expressão artística, e não somente religiosa, há muita confusão nisso tudo... Noel Rosa, Pixinguinha, Cartola, esses grandes mestres, foram chamados de malandros porque o samba veio do morro. Agora vejam! O samba, que nascia de pessoas humildes, com pouca escolaridade... diziam que não era coisa de Deus! Como pode ser isso, sem que Deus não estivesse presente no talento desses sambistas?!

Como podem tão perfeitas obras nascerem de pessoas tão simples, sem a direta inspiração de Deus?!?! Elizabete, Clementina, vou revelar um fato a vocês (quase surtando):

O samba é divino!!! O samba é diviiiiiinooooo!!!...."

Assim como o samba fala do dia-a-dia, o Parangolé conta histórias sorrindo para alegrar e inspirar o dia dos nossos futuros mestres, ou seja, nossos Pequenos Notáveis!


Agradecemos a todos que nos prestigiaram pela primeira vez, e a todos que sempre acompanham nossa trajetória de amor às raízes desse maravilhoso país!

Informaremos nossos próximos passos para desvendarmos o BRASIL!

Bibliografia/ Filmografia

3 comentários:

Léo disse...

Fantástico... Mais um trabaçho de qualidade desta equipe maravilhosa! Estão todos de parabéns...
E parabéns para o SAMBA!!!!!

Maria Belli disse...

Muitíssimo encantada com esse trabalho!!!
Parabéns!!!!

Daniel disse...

é pra chegar quem quiser
deixe a tristeza pra lá
e traga seu coração, sua presença de irmão

(...)

e é pra chegar sabendo
que a gente tem o sol na mão
e o brilho das pessoas é bem maior
irá iluminar nossas manhãs


[Maria Rita em "o homem falou", de Gonzaguinha]